A BANDEIRA

A bandeira de São Tomé representa um março para esse pequeno distrito de Inhapim.

Quando surgiu

A Bandeira de São Tomé foi criada em 2005 pelo Sãotomense e jornalista, Agnaldo Moreira da Silva e pelo Belorizontino Oldair Pahíns de Andrade.

Quem foram os responsáveis pela sua criação

A idéia da nova Bandeira de São Tomé deve-se ao Jornalista Agnaldo Moreira da Silva. Com ele colaborou o comerciário Oldair Pahíns de Andrade e o Sr. Pedro Paulo da Luz. O desenho foi feito também pelo comerciário Oldair Pahíns de Andrade.

Convenção heráldicas cores esmaltes

Azul: Bláu, Verde: Sinople, Amarelo: Ouro, Marrom: Castanho, Branco: Prata.

Significação simbólica (Heráldica)

Azul: é a cor do céu, do espírito e do pensamento. Simboliza a justiça, a lealdade, a fidelidade, a personalidade, a boa reputação e sutileza. Simboliza também o ideal e o sonho. É a mais fria das cores friasverde: significa vigor, juventude, civilidade, amor, honra, amizade, frescor, esperança e calma. Amarelo: transmite calor, luz e descontração. Simbolicamente está associada ao amor, a fé, a virtudes cristãs e à prosperidade. É também uma cor energética, ativa que transmite otimismo. Está associada ao Verão. Marrom: A cor marrom é a cor da Mãe Terra, nos dá a sensação de estabilidade e afasta a insegurança. No entanto, está relacionado à repressão emocional e ao medo ao mundo exterior, também à estreiteza de planos para o futuro. Branco: Associa-se à idéia de paz, de calma, de pureza. Também está associado ao frio e à limpeza. Significa inocência e pureza.

Terminologia Heráldica

Sol nascente: Símbolo da luz, tanto física como espiritual e, também, da vida, da saúde, do equilíbrio, da força e do pólo ativo. O Sol desempenha um papel de relevo na emblemática maçônica, estando presente na decoração das lojas, no painel do Aprendiz, na linguagem e no conteúdo dos rituais, na fixação das grandes festividades.

Serra Boa Sorte e Nova Floresta – A Oeste e Norte respectivamente: Série de montanhas:

Simboliza constância, permanência, quietude e o seu cume representam espiritualmente o estado absoluto de consciência. A montanha exprime ainda as noções de estabilidade, de imutabilidade, às vezes, até mesmo de pureza.

Louro:

O louro é uma planta conhecida desde a Grécia antiga, onde as coroas feitas com suas folhas eram entregues aos vencedores de competições como símbolo de vitória. Considerado símbolo de superioridade e glória, imperadores, atletas e poetas passaram a ser agraciados com coroas feitas de suas folhas.

Escudo Português

O escudo português evoca a origem da nossa raça representando os brasões da nobreza, cuja formação contribuiu o português como elemento étnico principal de nossa raça.

Bananeira

A banana São Tomé chegou ao Brasil trazida pelos portugueses no século XVI, o nome faz referência ao país africano São Tomé e Príncipe, seu local de origem.

Topônimo de São Tomé

É considerado uma parte da lingüística, com fortes ligações com a história, arqueologia e a geografia. Nome próprio designativo de lugar. Assim, nomes de cidades, de bairros, de lugares no espaço físico.

Barra de Ouro

Indica fé, constância e fidelidade, atributos evidenciados pelos calipolenses através dos tempos. Por isso o campo das armas é de ouro.

Estrelas

Frequentemente é considerada um símbolo da verdade, do espírito e da esperança. Representa o tempo e data de início da colonização de São Tomé e a emancipação a ser caracterizada futuramente.

Descrição

O brasão de armas de São Tomé tem a seguinte descrição: O escudo Português evoca a origem da nossa raça cujo português contribuiu para a etnia da nacionalidade brasileira.

As serras Boa Sorte e Nova Floresta simbolizam a constância, a permanência, e a quietude. O seu cume representa espiritualidade e o estado absoluto de consciência. A montanha exprime ainda as noções de estabilidade, imutabilidade e às vezes, até mesmo de pureza.

O sol nascente de ouro surgindo no centro das serras Boa Sorte e Nova Floresta, simbolizam a luz tanto física como espiritual na linguagem das grandes festividades.

Na parte inferior central o topônimo São de Tomé é considerado uma parte lingüística da história com fortes ligações arqueológicas e geográficas.

No centro a planta da banana São Tomé na cor marrom e verde e um fruto amarelado representando a banana São Tomé trazida para o Brasil pelos portugueses no século XVI.

Os louros que envolvem o escudo em verde é considerado um símbolo de triunfo e glória a serem alcançadas futuramente por nosso distrito.

As barras de ouro em amarelo fortalecem os dois lados do brasão significando brilho, ostentação, pureza, valor, constância e fidelidade.

No fundo central o branco transmite a paz, a calma, a inocência e a pureza.

As duas estrelas são consideradas pelo nosso distrito um símbolo da verdade, do espírito e da esperança. Representa o tempo e data de início da colonização de São Tomé.

O verde é a cor da natureza, simboliza a estabilidade, a responsabilidade, a longevidade, a fidelidade, a constância e está ligado ao mundo material, serve para alcançar abundância e fartura.