combate as drogas

Entidades da administração pública que desenvolvem programas sociais terão que contribuir, a partir de agora, com ações educativas e preventivas de combate às drogas. Com essa determinação, o governador Antonio Anastasia, coloca o Estado de Minas Gerais mais uma vez em destaque no cenário nacional em medidas de prevenção às drogas.

O decreto publicado no Diário Oficial do Estado no dia 17 de fevereiro estabelece que órgãos e entidades envolvidos tenham que destinar até 1% dos recursos orçamentários para elaboração, implementação e execução de projetos que tenham por objetivo o combate às drogas.

Segundo Lafayette Andrada, secretário de Estado de Defesa Social “Mais uma vez Minas sai na frente e com esse novo decreto será ampliado a capacidade de enfrentar o uso das drogas e seus desdobramentos na criminalidade.”

Para o subsecretário de Políticas sobre Drogas, Cloves Benevides” O decreto determina que todos os projetos que tenham abrangência social passem a dedicar um componente em relação ao combate às drogas”.

Os crescentes recursos e as estratégias implementadas possibilitaram ao Estado implantar políticas públicas efetivas sobre drogas, com a realização de conferências municipais, eventos temáticos em todas as regiões; especialização de profissionais e formação de agentes; estabelecimento de parcerias com entidades e financiamento de projetos de reinserção ao dependente químico.

O repasse de recursos pela administração pública estadual possibilitou ainda, segundo Cloves Benevides, levar campanhas de conscientização, como a Folia Segura e De Cara Limpa, a 626 municípios mineiros, o equivalente a 73,4% das cidades do Estado.

E ainda implantar programas como o Papo Legal e realizar concursos anuais de vídeos de animação e de redação, frases e desenhos, para a conscientização de crianças e jovens sobre os problemas decorrentes do uso e abuso de álcool e outras drogas, além de formas de prevenção e ações de atenção aos dependentes químicos.

O decreto assinado pelo governador também cria o Comitê Coordenador da Agenda Intersetorial de Prevenção ao Uso Indevido de Drogas, formado por representantes de diversas Secretarias de Estado com a participação de representantes da sociedade.

O Lig-Minas também é outro serviço da Subsecretaria de Políticas Antidrogas é o número 155, opção 3, do Lig-Minas (Linha de Informações do Governo), disponível desde outubro de 2010. Por meio dele, a população pode obter informações sobre os serviços prestados pelas instituições que compõem a Subpad, como o Cread e o SOS Drogas, entre outros.

Além disso, os profissionais do canal repassam informações relativas aos locais de atendimento para cada serviço, endereço e horário de funcionamento das unidades de atendimento, documentos necessários para acessar o serviço, valores e taxas cobrados. Fique de olho e não durma no ponto, isso pode estar acontecendo com você.http:

Foto tirada do site:portugues.christianpost.com

Jornalista: Agnaldo Moreira

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *